Sergas participa Encontro das distribuidoras de gás do Nordeste em Recife

Distribuidoras de gás canalizado do Nordeste, entre elas a Sergas, se reuniram na última sexta-feira (08), na sede da Copergás, em Recife, para discutir o futuro do setor. Entre os temas abordados estavam a proposta do “Novo Mercado do Gás”, o Projeto de Lei 6.407/2013 – chamada Lei do Gás -, bem como o estímulo ao uso do combustível em veículos pesados (caminhões e ônibus),  além de estratégias para a atração de investimentos para a região nordestina.

Para o diretor presidente da Sergas, Valmor Barbosa, é importante que  as concessionárias de gás negociem contratos com o supridor em melhores condições, dialoguem com todos, com o objetivo de encontrar caminhos e novos mercados nas suas regiões. Sergipe, por exemplo, está tentando ampliar o atendimento do gás natural, através do modal rodoviário para os municípios de Itabaiana e Propriá através da Sergas.

“A chamada pública coordenada é um dos meios com o qual as distribuidoras têm buscado reduzir os seus custos de aquisição do gás natural e, consequentemente, as tarifas finais praticadas ao consumidor, incentivando a entrada de novos supridores no mercado”, observou.

Na reunião, Valmor Barbosa lembrou que “a criação da figura do Consumidor Livre possibilita a flexibilização e a atração da cadeia produtiva do gás, abrindo o mercado sergipano para novas empresas, tendo como consequência, a geração de emprego e renda, por meio do aquecimento da economia”, completou.

ANP

O superintendente de Infraestrutura e Movimentação da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Hélio da Cunha Bisaggio, esteve presente no encontro e palestrou sobre o “Panorama Geral da Indústria do Gás Natural e Perspectivas na Matriz Energética Brasileira”.

De acordo com Bisaggio, o objetivo do “Novo Mercado do Gás Natural”, defendido pelo Governo Federal, é tornar o setor mais competitivo. Entre as medidas nesta direção está o aumento no números de importadores. Ele é otimista quanto ao futuro. “Há muito o que crescer no mercado de gás natural na matriz energética brasileira”, frisa.

Consórcio Nordeste

O presidente da Concessionária de Gás no Ceará  (Cegás), Hugo Figueirêdo, aproveitou a oportunidade e detalhou as propostas que as distribuidoras regionais apresentaram ao Consórcio Nordeste durante a reunião periódica do Fórum dos Governadores do Nordeste, realizada também em Recife. Nas próximas semanas, os governadores nordestinos vão à Europa, em uma missão governamental para atrair investimentos.

No consórcio, ficou acordado que o setor do gás será um dos que serão apresentados às empresas europeias, principalmente na busca por ampliação da rede de gás na região, além da interiorização da distribuição do combustível por meio de redes locais e a produção de veículos pesados que utilizem o insumo.