Nesse momento em que as recomendações das autoridades sanitárias sugerem o recolhimento das pessoas em seus lares, em função da pandemia pelo coronavírus (Covid-19), a leitura é um excelente passatempo.

Sergas proporciona empréstimos de livros para um fim de semana cultural em casa

Nesse momento em que as recomendações das autoridades sanitárias sugerem o recolhimento das pessoas em seus lares, em função da pandemia pelo coronavírus (Covid-19), a leitura é um excelente passatempo.

Adriana Diniz é assistente organizacional e funcionária da Sergas, e uma das precursoras do surgimento da biblioteca que a cada dia cresce na Sergas. “A ideia de montar uma pequena biblioteca deu-se da minha iniciativa em compartilhar com os colegas de trabalho a oportunidade de trocar livros interessantes, quadrinhos e revistas. Esta iniciativa começou em 2019 onde os cinco primeiros exemplares foi trazido para empresa e logo os colegas foram fazendo doações ao acervo. Hoje a biblioteca já conta com mais de cem exemplares. A leitura, além da cultura, proporciona bem estar às pessoas e preenche um tempo de forma saudável”, explica Adriana.

Luiz Carlos, funcionário terceirizado e auxiliar de serviços gerais, é um dos principais usuários da biblioteca e também um dos maiores doadores de livros ao acervo. Os engenheiros Iolando Menezes e John Kennedy foram alguns dos pioneiros que compraram a ideia de Adriana e, de imediato, fizeram doações de boas obras, tornando-se usuários frequentes a pequena biblioteca.

Para o presidente da Sergas, Valmor Barbosa, além do incentivo à biblioteca, a companhia já adotou uma série de medidas preventivas para colaborar a não propagação do Coronavírus. “Uma das principais  recomendações das autoridades sanitárias e de saúde do mundo, do Brasil e do estado de Sergipe é o recolhimento das pessoas em suas residências. A leitura aparece como uma ótima opção de lazer cultural e a iniciativa dos funcionários da Sergas, em ter criado essa pequena biblioteca, oportuniza que os funcionários possam adquirir livros e levar para leitura no aconchego dos seus lares, sem precisar ir a livrarias e bibliotecas para adquirir o livro. Parabenizo a iniciativa dos funcionários da Sergas”, finaliza Valmor.

Fonte: ASCOM/SERGAS

Fotos: ASCOM/SERGAS