O dia das Mães será um dia muito especial para as mamães trabalhadoras da Sergas, Andreza Mirelli, Aline de Mendonça, Helena Alves, Josy de Jesus, Maria José, Marlijane Silva, Sarah Ferreira, Viviane Leite. Com certeza elas viverão mais um dia de muita comemoração e felicidade neste domingo, 10, apesar do isolamento social que vivemos em função da pandemia por COVID-19.

Dia das Mães, um dia todo especial.

O dia das Mães será um dia muito especial para as mamães trabalhadoras da Sergas, Andreza Mirelli, Aline de Mendonça, Helena Alves, Josy de Jesus, Maria José, Marlijane Silva, Sarah Ferreira, Viviane Leite. Com certeza elas viverão mais um dia de muita comemoração e felicidade neste domingo, 10, apesar do isolamento social que vivemos em função da pandemia por COVID-19.

A Sergas procurou homenagear as nove mamães com singelas ações, fazendo uma distribuição de flores e cartão, para lembrar a importância que elas a mãe exerce na sociedade desde os tempos remotos.

Helena Alves de Gois é mãe de três filhos adultos e quatro netos. Trabalha na terceirizada da Sergas há 13 anos. Logo que a sede da Sergas foi transferida para o Conjunto Augusto Franco, ela assumiu o serviço de limpeza e depois foi admitida para os serviços da copa. Ela Gosta muito do trabalho que executa e considera o ambiente excepcional, com uma convivência harmoniosa e fraterna. Quando fica de férias ou folga, sente saudade do ambiente de trabalho e das amizades que fez na empresa.

Já Sarah Ferreira de Souza, é mãe de dois filhos, um casal em idade escolar, foi aprovada no concurso de 2010 e ingressou no mesmo ano no quadro funcional da Companhia, com o cargo de Assistente Organizacional. Passou por diversos setores da empresa e hoje atua na Assessoria de Licitações. Ao assumir o cargo na Sergas, período que estava gestante, contou com um ótimo acolhimento por parte da empresa e dos colegas, fato que foi muito significativo no período em deu a luz ao primeiro filho. O acolhimento se repetiu na gestação e parto do segundo filho, com assistência a saúde e social excelente. Para ela, a Sergas proporciona um ótimo ambiente de trabalho entre colegas, onde se sente acolhida por todos. “Uma coisa que sempre comento é o pacote de benefícios da empresa para o funcionário, o que considero excelente”, diz.

Andreza Mirelli de Souza Carvalho, por sua vez, é mãe de uma menina de três aninhos, foi admitida no primeiro concurso da Sergas em 2006, ingressando no mesmo ano. Técnica Operacional, está lotada na Coordenadoria de Medição e Controle. “Como trabalho num setor chave da empresa, pois a medição é importantíssima para a companhia, por medir o volume geral de gás fornecido aos clientes, procuro aliar os afazeres domésticos e da família para organizar a rotina do dia a dia”, conta.

“Com organização, praticidade e celeridade procuro cumprir essas tarefas diariamente com responsabilidade e compromisso, além de ser uma mãe zelosa e carinhosa com minha pequena “Melissinha”, que depende muito de mim e do papai, que me apoia muito e só assim consigo administrar todas essas atribuições diárias”, completa.

Para ela a Sergas é uma empresa muito boa de se trabalhar e cada vez mais humanizada, sentindo-se muito bem acolhida por todos os colegas, procurando corresponder com um bom relacionamento interpessoal. “Desejo um feliz dia para todas a Mamães da Sergas, neste domingo, com lembrete carinhoso “fiquem em casa”, porque tudo isso vai passar”, finaliza Andreza.

Para o presidente da Sergas, Valmor Barbosa, a mãe é um ser divino e especial, porque ela sabe como ninguém a dosimetria exata de amor, carinho e atenção que cada filho necessita nos diversos momentos de suas vidas. ”A concepção e gestação por si só explica a divindade deste ser. Em nome da Sergas parabenizo todas as mamães da Sergás, seus familiares e a mamães de todos os funcionários da companhia neste domingo, 10, lembrando a todos a mensagem dos cuidados que devemos adotar neste momento difícil, que com certeza, logo em breve iremos ultrapassar”, destaca Valmor.